3 de out de 2011

~~ Deixa quieto! ~~


Eis que eu descobri meu auto controle. Descobri que sou capaz de pensar com a razão mesmo quando se trata de você. Descobri que você pode me balançar demais, por ser quem você é, mas que eu posso ser mais forte que tudo e não fraquejar. Também, descobri que eu sou tão mais eu que não importa o quão fofo e lindo você possa ser: eu me basto.

Definitivamente.
Estou feliz. Mais pela minha atitude do que pelo fato de você se lembrar de mim, ou dizer que está com saudade e que eu sou importante pra você. Estou feliz porque pelo menos um de nós escolheu um jeito de estar mais próximo de Deus, e estar melhor consigo mesmo.
Porque pode ser que eu morda a minha própria lingua daqui um tempo, pode ser que eu me transforme na maior babaca do universo se você se manifestar.
Mas, para o meu bem, não sou eu quem precisa se manifestar...

2 comentários:

Engraçadinha disse...

Aaaaaamém!

.Intense. disse...

Ô Natasha, já que vc é anônima, dá pra contar as histórias de um jeito mais claro não? essa parte de Deus eu interpretei de 1488 formas diferentes e, até agora acho que não acertei nenhuma.

:/