20 de dez de 2012

é incrível quando as pessoas nos procuram quando precisam, né?

tô eu aqui, quietinha na minha, trabalhando, e chega o cara que nunca me dá um bom dia (nem mesmo no momento em que ele veio me pedir ajuda) me dizendo que alguém disse a ele que eu era muito boa em fazer requisições de compra. ok que eu sou, ok que eu já salvei a menina que fazia as do departamento dele por muitas vezes e ok que eu sei que eles não gostam de mim... eu também não gosto deles, então estamos quites!

:)

eu venho usando "um dia é da caça, outro do caçador" como lema de vida de uns tempos pra cá. e, sim, a maluca doida do cu, que é do departamento dele, falou mal de mim a torto e a direito antes de sair da empresa e voltar a infernizar nossas vidas com a presença dela trabalhar aqui simplesmente por um erro de sistema que eu sabia consertar, e fazer outra pessoa refazer, sem a menor necessidade. isso foi no ano passado, 2011, e eu ainda não me esqueci. até por que, virei bicho aquele dia.

ela, sim, esqueceu. e, então, pra mim, honestamente, foda-se. não sou obrigada!

aí, mais de um ano depois, depois de a tal menina que faz as requisições deles vir dizer pra mim que eles falam mal de mim a torto e a direito, e que zombam dela quando ela diz que veio me pedir ajuda pra qualquer coisa relacionada ao sistema, beijo, Oracle, te amo! que eu domino, foi falar pra ele que eu sou muito boa no sistema.

"um dia é da caça, outro do caçador" nunca caiu tão bem na minha vida profissional como hoje. essa porra é quase como ter orgasmos múltiplos!

- me disseram que você é ótima em fazer requisições.
- (...) oi... bom dia. td bom? :) - eu sei ser muito ridícula quando eu quero, cara, pqp!
- é que a gente está precisando de ajuda numa compra que precisamos fazer, e ela disse que você sabia. queria saber se você pode fazer pra gente.
- (...) se a minha gerência disser que eu posso, eu faço. do contrario, não tenho autorização.

VAI SE FO-DER!

acha que é assim... ele, o chefe e quem mais for saem falando mal de mim pra caralho e quando precisam eu simplesmente abro minhas pernas?! NEM FODENDO!

vão ter de pedir a minha gerente. e se ela - só ela - disser que eu posso, eu faço.
ninguém a mais, nem a menos.

mais uma vez: não sou obrigada.



beijo, gaga, sua polêmica! hahahahaha

Nenhum comentário: